Arquivos da categoria: Artigo

Quem tem história para contar

Quando se escreve uma biografia é básico citar onde a pessoa nasceu e onde morreu. Mera necessidade de satisfazer a curiosidade do leitor? Vejo mais poesia nisso do que a passagem de informação. É a vida que alguém viveu sendo

Quem tem história para contar

Quando se escreve uma biografia é básico citar onde a pessoa nasceu e onde morreu. Mera necessidade de satisfazer a curiosidade do leitor? Vejo mais poesia nisso do que a passagem de informação. É a vida que alguém viveu sendo

Dois pesos e duas medidas

Com certeza já assistimos a cenas em que alguém irritado, esbravejandogritava: “ Mas você está sendo injusto, pra você são dois pesos e duas medidas”. Que seria o mesmo que dizer: “Você é tendencioso, está puxando brasa para a sua

Dois pesos e duas medidas

Com certeza já assistimos a cenas em que alguém irritado, esbravejandogritava: “ Mas você está sendo injusto, pra você são dois pesos e duas medidas”. Que seria o mesmo que dizer: “Você é tendencioso, está puxando brasa para a sua

Você é um narcisista?

Luciene Godoy // O dicionário afirma que narcisista é aquele que nutre amor excessivo a si mesmo e a sua imagem. E se eu dissesse que ser narcisista é, muito pelo contrário, não se enxergar. É ser um cego vagando

Você é um narcisista?

Luciene Godoy // O dicionário afirma que narcisista é aquele que nutre amor excessivo a si mesmo e a sua imagem. E se eu dissesse que ser narcisista é, muito pelo contrário, não se enxergar. É ser um cego vagando

"Orelha-Feto" (Emma Thomas)

Quem ainda acredita em diálogo?

Luciene Godoy // Os mais espertos sabem que não funciona. Muita gente deixou de acreditar no diálogo porque descobriu que ele só gera mais mal entendido. Vou começar contando uma historia de minha amiga que, diante da exigência do filhinho

"Orelha-Feto" (Emma Thomas)

Quem ainda acredita em diálogo?

Luciene Godoy // Os mais espertos sabem que não funciona. Muita gente deixou de acreditar no diálogo porque descobriu que ele só gera mais mal entendido. Vou começar contando uma historia de minha amiga que, diante da exigência do filhinho

A Morte de Sócrates (Jacques-Louis David, 1787)

Vida de morto

Luciene Godoy Sabe daquelas perguntas que só crianças de 6 anos de idade como o Pequeno Príncipe podem fazer? Naquele tom direto que usam para perguntar sobre as questões mais difíceis da vida, como se fossem facilmente respondíveis? O que

A Morte de Sócrates (Jacques-Louis David, 1787)

Vida de morto

Luciene Godoy Sabe daquelas perguntas que só crianças de 6 anos de idade como o Pequeno Príncipe podem fazer? Naquele tom direto que usam para perguntar sobre as questões mais difíceis da vida, como se fossem facilmente respondíveis? O que

Pinocchio (Enrico Mazzanti, entre 1852 e1910)

A verdade mentirosa

Luciene Godoy Assunto muito apropriado para o Dia da Mentira. Aliás, não é intrigante que tenha um Dia da Mentira? Para quê? Para nos divertirmos enganando os outros, ora! Enganar é divertido? Parece que sim, se tomado em um viés

Pinocchio (Enrico Mazzanti, entre 1852 e1910)

A verdade mentirosa

Luciene Godoy Assunto muito apropriado para o Dia da Mentira. Aliás, não é intrigante que tenha um Dia da Mentira? Para quê? Para nos divertirmos enganando os outros, ora! Enganar é divertido? Parece que sim, se tomado em um viés

Adele Bloch-Bauer I (Gustav Klimt, 1907)

O direito de ser fraco

Um amigo que tem “visão de raio X” um dia me saiu com a seguinte frase: “O que eu acho mais admirável é que você não usa suas prerrogativas de mulher.” Frase impactante, meio enigmática que me fez querer saber

Adele Bloch-Bauer I (Gustav Klimt, 1907)

O direito de ser fraco

Um amigo que tem “visão de raio X” um dia me saiu com a seguinte frase: “O que eu acho mais admirável é que você não usa suas prerrogativas de mulher.” Frase impactante, meio enigmática que me fez querer saber