Ter uma vida sem esperança

Este título tem cheiro de que vamos falar de pessoas tristes, sem sonhos e sem perspectivas. Não é isso que sugere a ideia?

O dicionário dá uma definição que corrobora: esperança é a expectativa otimista da realização daquilo que se almeja.

Na psicanálise dizemos que alguém pode viver com uma de duas expectativas: a de ser completo ou a de viver uma vida sem esperança.

Sem esperança de quê?

De viver uma vida sem problemas, sem sofrimentos e sem perdas.

Ao contrário do que podemos pensar, viver uma vida sem essa esperança nada tem a ver com viver triste e vencido.

Tem a ver, isso sim, com legitimar o tropeço e a falta. É nesse momento que uma vida sem esperança pode se tornar inventiva, construtiva e vitoriosa.

Assim, com esse espírito, podemos construir uma vida qualificada e não eternamente insatisfeita porque sempre cheia expectativas de perfeição.

O dicionário também dá outra definição de esperança: aquilo que se espera, que se almeja, mesmo que pouco provável, ilusório, vão.

Não existiria música se tudo fosse som. A vida é feita de som e silêncio e o silêncio é quando não há,perdeu, falhou.

Ter uma vida sem a esperança de não ter dor. Vai ter sim e nós aguentaremos, passaremos e sairemos melhores lá na frente.

Ter uma vida sem a esperança de sermos sempre compreendidos, de termos um grupo que faça nos sentirmos amparados. De ter uma grande causa à qual possamos pertencer para dar sentido às nossas vidas, nos esquecendo daqueles que, ao nosso lado, passam a necessidade até de um olhar, um sorriso, uma palavra, enquanto mantemos os olhos fixos num horizonte longínquo, pensando que uma grande causa não pode estar dentro de nossas próprias paredes.

Ter uma vida sem a esperança de chegar a não errar. O mundo sem erro não existe. Eu, você e todo mundo morreremos errando.

Aqui chegamos à terceira definição do dicionário para esperança: expressão de convicção ou certeza de que aquilo que foi mencionado NÃO vai acontecer (ainda que se pensasse ou desejasse que sim). Por exemplo: “Aumento de salário este mês? Que esperança!”

Então eu digo: poder comer a omelete sem quebrar os ovos? Que esperança!

Não se frustrar o tempo todo com as pequenas e grandes coisas? Que esperança!

E o verbo esperar, já que estamos falando tanto de esperança, o que dele fala o dicionário? Fala que esperar é aguardar, supor, imaginar, contar com.

Podemos aguardar que o que desejamos aconteça. Podemos até mesmo contar com certeza que alcançaremos nosso desejo.

Mas diz nosso Chico Buarque: “Quem espera nunca alcança”.

Eu digo: Quem espera, espera, espera… aguarda, supõe, conta com. Quem perde a esperança de alcançar, levanta a mão e alcança.

Quem perde a esperança de alcançar começa a colher, ver o que está já pronto, ali na frente. Já o esperançoso olha muito longe, querendo tudo muito idealizado.

Perder a esperança é maravilhoso porque é começar a viver já, agora. Se eu quero isso, já ponho a mão na massa e começo a fazer e a curtir.

É parar de esperar o futuro perfeito chegar e usufruir do presente imperfeito mesmo. É uma imperfeição perfeitamente saudável para ser digerida sem causar diarreia nem dor de cabeça.

É um presente que nos é presenteado a cada dia de vida para ser comido e bebido na hora, senão murcha, derrete, desaparece.

Não espere o grande momento, a grana aumentar, a viagem dos sonhos, o prêmio da loteria.

Comemore brindando e degustando o banquete que é estar vivo, ter o sol, o vento, os sorrisos, os olhares, apesar do escuro, do mau cheiro, do horror.

A vida é um kit completo. Não espere acabar o lado ruim para começar o bom. É junto mesmo que a coisa funciona, como um sanduiche com muitos ingredientes cujo resultado final pode ser muito saboroso sim.

Anúncios

  1. Maria Helena Ferreira

    Ótimo seu artigo Luciene, é uma grande lição de vida para quem sabe perceber a grandiosidade que é a vida, estar vivo é o maior presente de Deus.

  2. André Colnago

    Pela primeira vez não concordo com quase nada do que escreveu. Tire a palavra esperança desse tema e aí sim temos um texto coerente. Eu quero sim ter sempre esperança, otimismo em tudo o que vou fazer e o que está por vir, o que pensam de mim, mesmo que no final não seja bem o que se desejava. Tenho fé na loucura de acreditar sempre na esperança de que tudo vai dar certo, assim o universo conspirará um pouco mais ao meu favor. Um bacio cheio de esperança, que eu sei que você tem, pra você.

    • Concordo com você, André Colnago. A esperança nos faz humanos, ela nada mais é que o projeto cerebral que fazemos automaticamente em nosso cotidiano sobre o que desejamos e pretendemos realizar. Ter esperanças é premeditar um acontecimento, e não há ser humano que não premedite uma situação futura. Portanto, não há vida sem esperança.

  3. Marcelo Machado de Albuquerque

    Fantástica a suas colocações que nos mobiliza para o agir, saindo de uma condição parasita da esperança que imobiliza e nos deixa letárgicos a espera de um milagre, sem a consciência de que esse milagre tem que acontecer dentro e não fora. Parabéns!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: