Feliz dia do homem

Você já deve ter ouvido alguém dizer: “Se a gente comemora o Dia da Criança  e o Dia da Mulher, por que não se comemora o Dia dos Homens?”

Existe quem diga, meio na brincadeira, que as mulheres e as crianças são graciosas e que os homens são desajeitados para esse tipo de coisa. Mas não se esqueçam: tem o Dia dos Pais. “Ah, mas aí não vale! Tem o Dia das Mães também.”

Por que se valoriza a mulher como mulher e não o homem como homem?

Afinal por que não se comemora o dia dos homens? Leitores, me respondam, por favor. Enquanto espero as respostas, vou aproveitar o momento para valorizar e reconhecer uma minoria em ascensão.

Parabéns aos homens que nesse Dia da Mulher estão conseguindo crescer e viver uma vida de trocas com ela.

Parabéns aos homens que, apesar do desconhecido e do medo de errar se movem e abrem novos caminhos para responder às mudanças na forma de se posicionar em relação ao outro sexo.

Parabéns aos homens que estão conseguindo se sentir homens não se medindo com a sua mulher. Não sendo o avesso vitorioso de um sexo frágil, pedinte e dependente dele – mesmo que seja uma mascarada, um fingimento feminino para que o homem se sinta másculo e poderoso.

Parabéns aos homens que se alegram genuinamente com o sucesso de sua mulher porque o sucesso dela não significa a derrota dele, a grandeza dela não é a pequenez dele, a alegria dela não produz a tristeza dele.

Parabéns ao homem flexível, que consegue trocar de lugar com sua amada, numa gangorra deveras amorosa, criativa e divertida, na qual, conforme cada momento, aquele que estiver na melhor posição pega o leme, toma a frente, faz acontecer. O outro fica de coadjuvante voltando, num balé respeitoso, a ocupar o papel do ator principal dependendo da cena da qual se trata.

Estamos falando de papéis, que são lugares que frequentamos na vida e não o que somos e ponto final. A única coisa que somos e ponto final é “seres para a morte”. Isso não tem jeito de ser diferente.  Quanto ao resto, podemos ser e não ser dependendo das circunstâncias.

Alguns podem retrucar que homem que é homem tem que dar conta do recado. Concordo e acrescento: adulto que é adulto tem que dar conta do recado. Que recado? O de viver bem sua própria vida. Só que, alôô!, isso no mundo de hoje é exigência para os dois gêneros. O dar conta do recado de um homem não é necessariamente mais pesado que o da mulher. Um dia desses um analisante de 30 anos, médico, que ia se casar me disse: “Ela – a noiva – tem que trabalhar assim como eu. Ela não é aleijada para eu sustentá-la”.

Você percebe que a relação entre o casal hoje pode funcionar como um carrossel que vai girando e as posições vão se alternando conforme a necessidade e a escolha? Não tem mais “coisa” só de homem ou só de mulher.

Ninguém perde o valor por ser flexível. Ser valorizado, respeitado e acima de tudo desejado no amor é possível para os dois desde que ambos estejam satisfeitos consigo mesmos e com o que são e não usando o outro como escada para ser sempre o astro do show.

Então, parabéns aos homens que não agem como meninos emburrados quando a atenção, o colo, o bolo maior não lhes é ofertado na hora em que queriam.

Parabéns aos que já conseguem ser parceiros de suas parceiras.

Se você não ficou na lista dos homens que já merecem a homenagem, acorde e aja. Quem sabe no ano que vem, uma semana depois do Dia da Mulher, você já esteja na lista dos homens que estão conseguindo. Conseguindo o quê mesmo? Serem homens novos em um novo tempo.

E, finalmente, não sem emoção, quero dizer: parabéns aos homens que, por serem fortes, conseguem ser ternos.

Um Comentário

  1. Maria Helena

    Aacredito que falfou inclusão da imagem, o que é muito importante, pois uma imagem vale mais que mil palavras.

Deixe uma resposta para Maria Helena Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: